Fale Conosco
  • phone
    (61) 3361-1550
  • location_on

    SIA Quadra 5C - Lote 17/18, nº 195, Sala 212, Edifício Sia Sul - Guará, Brasília - DF, 71200-055

Deixe sua Mensagem

4 passos para abrir uma clínica odontológica em Brasília

Confira estes 4 passos para abrir uma clínica odontológica em Brasília de maneira efetiva!

3 Passos Para Abrir Sua Clinica Odontologica Em Brasilia Post - Diagnóstika Contabilidade - 4 passos para abrir uma clínica odontológica em Brasília

Você se formou como dentista ou até mesmo já atua há um bom tempo no mercado, uma boa alternativa é abrir uma clínica odontológica em Brasília!

Mas com tantas informações, a burocracia pode ser uma verdadeira chatice, não é mesmo?

Então, vamos aprender como abrir uma clínica odontológica em Brasília. Vamos lá?

1 – Você vai precisar de um contador em Brasília com experiência de mercado

Não adianta dizer:

“Faça sozinho que dá certo!”

Quando isso não é verdade!

Existem muitos requisitos importantes e que precisam ser calculados antes de se abrir uma clínica em Brasília, e essa ajuda, de um contador experiente, vai desde a parte tributária para clínicas odontológicas até os resultados financeiros, pois através de vários indicadores, cada vez mais, o contador poderá te ajudar, e é exatamente isso o que fazemos!

É por isso que uma assessoria financeira e contábil para clínica odontológica é tão importante, pois vai desde o planejamento até o porte, localização e demais critérios.

Ter um contador experiente fará GRANDE DIFERENÇA E SERÁ DE GRANDE AJUDA para você e seus resultados lucrativos!

Portanto, tome nota e haja com assertividade nessa empreitada!

2 – Escolha da natureza jurídica da sua clínica odontológica

Quando falamos em natureza jurídica de uma clínica odontológica, estamos a citar as questões do regime jurídico que envolvem a relação de pessoa jurídica com o Fisco.

Nesse sentido, podem ser selecionados alguns tipos que vão depender de uma série de informações sobre o modelo empresarial do empreendimento. Portanto, algumas escolhas são:

  • Sociedade limitada.
  • Sociedade simples.
  • Sociedade anônima.
  • Empresa individual de responsabilidade limitada, ou também conhecida como EIRELI.

Como já citamos, cada uma dessas categorias jurídicas envolve finalidades, direitos e deveres diferentes.

E nossa ajuda sobre esses esclarecimentos não param por aqui, pois existem muitas outras demandas que são pertinentes e exigidas para empresas.

3 – Melhor regime tributário para clínica odontológica

Por exemplo, para ter uma clínica odontológica funcionando, você terá de definir também o melhor tipo de regime tributário. E você sabe as diferenças entre os existentes?

Existem 3 tipos no Brasil, são eles:

  • Simples Nacional – que unifica vários tipos de impostos em apenas uma guia, mas que tem valor de faturamento mais limitado.
  • Lucro Real – que possui alíquotas diferenciadas, mas que são aplicadas sobre o lucro real da clínica. Em alguns casos, pode ser benéfico, em outros, não, depende muito de uma série de análises.
  • Lucro Presumido – aqui, as alíquotas são definidas e aplicadas sobre um lucro presumido. Pode ser vantajoso ou não, depende muito do lucro.

Mas não paramos por aí, pois ainda há muitas outras demandas. Confira!

4 – Documentos para abrir clínica odontológica

Sim, além das definições acima, você também vai precisar que um contador realize ou te ajude nos seguintes trâmites.

Contrato Social – um dos documentos mais importantes como PJ é o contrato social. Nele, existem todas as obrigações sobre a sociedade e responsabilidades dos que estão envolvidos com o negócio.

Licença de Funcionamento – toda clínica odontológica necessita dessa liberação para atuar no mercado, pois por meio dela será feito estudo de viabilidade do endereço, para então poder ser garantida a aprovação de endereço e a liberação de seu funcionamento em ambiente físico. Este documento é obtido a partir da Prefeitura. 

CNES – essencial para as operações de sua clínica, esse registro é um cadastro que possui diversas informações importantes sobre seu negócio, como recursos, instalações, localização, dentre outros.

CRO – é necessário cadastro no efetivo conselho, para cada Estado onde a pessoa jurídica está inserida.

Portanto, não somente para esses 4 passos, mas para todos os outros, venha conversar conosco para começar uma clínica odontológica em Brasília, de maneira segura e correta!

4 passos para abrir uma clínica odontológica em Brasília
5 (100%) 1 vote[s]

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
1
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by