Nosso Blog de Contabilidade

Banco Central aposta em personalização de serviços bancários chamado open banking em 2021

Banner Blog (2) - Contabilidade em Brasília | Diagnóstika Contabilidade

Sumário

O Banco Central lançou esse mês o Pix, novo sistema de pagamento instantâneo.

A posta do BC para 2021 é a personalização dos serviços bancários que promete acirrar e muito a competitividade entre instituições financeiras.

A “open banking” como será chamada a nova plataforma, terá todas as funcionalidades lançada até outubro de 2021.

A Open banking terá como objetivo o compartilhamento de dados bancários, histórico de transações com bancos e fintechs.

Atualmente, somente os bancos com os quais os clientes trabalham tem conhecimento desses dados e com as mudanças outras instituições financeiras poderão ter acesso a essas informações podendo analisar melhor o risco envolvido nas operações bancárias e oferecer menores taxas de juros para empréstimos.

Na avaliação do diretor de regulação do Banco Central, Otávio Damaso em entrevista ao G1 o open banking ao permitir um tráfego maior de informações dos clientes entre instituições financeiras, vai impactar todas as operações de crédito bem como outros serviços ofertados.

Vantagens do open banking

A plataforma de compartilhamento vai extinguir o que Damaso chamou de “assimetria “de informação que é quando um participante do sistema tem mais dados sobre um cliente do que outros bancos.

Com a nova plataforma será possível que os clientes abram seus dados para outras instituições financeiras análise de forma que tenha a possibilidade de obter ofertas de crédito mais barato, por exemplo.

Mas, o cliente poderá decidir se quer ou não ter seus dados compartilhados e durante quanto tempo. Podendo cancelar, a qualquer momento e ampliar ou diminuir o conjunto de informações disponíveis.

Segundo o Banco Central, quando o open banking estiver em pleno funcionamento será possível que os consumidores personalizem o seu próprio banco. Ele poderá comprar um CDB em um banco, fazer seguro em outro e ter cheque especial em outro.

Tudo por meio do compartilhamento de informações. Assim, as instituições financeiras vão poder fazer ofertas aos consumidores, a exemplo do que ocorre no comércio.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + três =

Rolar para cima