Fale Conosco
  • phone
    (61) 3361-1550 | 99640-0042
  • location_on

    SIA Quadra 5C - Lote 17/18, nº 195, Sala 212, Edifício Sia Sul - Guará, Brasília - DF, 71200-055

Deixe sua Mensagem

Como melhorar a gestão financeira de um consultório odontológico?

Como Melhorar A Gestão Financeira De Um Consultório Odontológico - Contabilidade em Brasília | Diagnóstika Contabilidade - Como melhorar a gestão financeira de um consultório odontológico?

Muitos dentistas optam por serem donos do próprio negócio e assim, trabalham arduamente para alcançar o êxito. No entanto, não basta apenas prestar excelentes serviços odontológicos. É inviável então, pensar em crescimento sem falar em gestão financeira de um consultório odontológico

Dentro desse aspecto, sempre existem estratégias a serem estudadas e praticadas para assim, melhorar a administração das finanças. Neste artigo, separamos algumas informações que podem ser úteis para você melhorar a gestão financeira de um consultório odontológico. Vamos lá?

Faça o controle do fluxo de caixa (de verdade)

Você com certeza já ouviu essa palavra por aí, mas será que sabe realmente o que é um fluxo de caixa? De forma resumida, o  fluxo de caixa é o movimento de entradas e saídas financeiras da empresa — um registro de todo o dinheiro que sai ou entra no consultório.

Desse modo, ele é fundamental para analisar os resultados da empresa, verificar o que pode ser melhorado para reduzir as despesas e aumentar os ganhos, e também auxilia o empresário nas tomadas de decisões. Se for necessário realizar um investimento na empresa, por exemplo, é viável analisar o fluxo de caixa para entender se é viável ou não. 

No entanto, não basta apenas registrar todas os gastos e receitas do consultório. Para que o fluxo de caixa seja realmente uma ferramenta de gestão financeira de um consultório odontológico, são necessárias análises semanais ou mensais para compreender o que aqueles números significam.  

Confira Nossas Especialidades - Contabilidade em Brasília | Diagnóstika Contabilidade

Invista na automatização da gestão financeira de um consultório odontológico

Existem ferramentas que podem auxiliar e otimizar o controle das finanças na empresa. Existem softwares de gestão que conseguem oferecer soluções completas, como o controle do estoque, emissão de boletos e notas fiscais eletrônicas, elaboração de relatórios, entre outras funções. 

Os sistemas salvam os dados na nuvem e isso evita que um problema no computador do consultória faça com que as informações sejam evitadas. Isso sem falar que ao automatizar processos é possível reduzir a chance de erros humanos que podem comprometer a gestão. 

Tenha cuidado com a venda a prazo 

Fazer vendas para pagamento a prazo é uma ótima maneira de facilitar a vida dos pacientes, mas é importante ter cuidado com a inadimplência. Além de atrapalhar o fluxo de caixa, fazer a cobrança pode gerar mais custos para a empresa. Por isso, a venda a prazo mais vantajosa é a que é realizada no cartão de crédito. 

Se isso não for possível, e você queira oferecer a possibilidade de divisão por boleto, por exemplo, os riscos são maiores. Sendo assim, antes de permitir que os serviços odontológicos sejam pagos em parcelas, é essencial fazer uma análise de crédito do paciente. 

Hoje em dia, empresas como o SPC e o SERASA possibilitam que empresários façam a análise da capacidade de pagamento do paciente pela internet, de forma rápida e simples. Caso a análise de crédito seja favorável, ainda é importante fazer um contrato detalhando a transição para se resguardar de problemas. 

Conte com uma assessoria contábil de confiança

Muitos empresários ainda não compreenderam a relevância de contar com uma assessoria contábil de confiança e especializada em seu tipo de negócio. Alguns acreditam que se trata, apenas, de um gasto obrigatório, quando, na verdade, é um excelente investimento e pode ser muito útil para que o negócio economize dinheiro. 

Uma das vantagens de ter uma assessoria contábil de confiança é ter ajuda para realizar o planejamento tributário. Por meio dele, é viável criar estratégias para, de forma totalmente legal, reduzir a carga de impostos — o que é excelente para a saúde financeira da empresa. 

Além disso, uma assessoria contábil pode:

  • ajudar no controle do fluxo de caixa;
  • fazer o balanço patrimonial de ativos e passivos;
  • análise dos custos, despesas e receitas;
  • consultoria de lucratividade e rentabilidade do negócio. 

Esperamos que este conteúdo ajude você a melhorar a gestão financeira do seu consultório odontológico. Caso necessite de ajuda profissional, ou queira tirar dúvidas sobre como melhorar a gestão contábil e financeira do seu negócio, entre em contato com a nossa empresa. 

Compartilhe nas redes!

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Open chat

Preencha o Formulário abaixo para realizar o download do nosso e-book:

Classificação Internacional de Doenças (CID) em odontologia e estomatologia (CID - OE)