Nosso Blog de Contabilidade

Controle de pacientes em clínicas odontológicas – como fazer?

Tenha Um Controle De Pacientes Efetivo Em Sua Clinica Odontologica Com Essas Dicas Simples Post (1) - Contabilidade em Brasília | Diagnóstika Contabilidade

Sumário

Guia para um controle de pacientes efetivo em sua clínica odontológica!

Saiba o que é preciso para ter um efetivo controle de clientes em sua clínica odontológica e melhorar cada vez mais o seu atendimento

Manter o pleno funcionamento de uma clínica odontológica e, a partir disso, conquistar resultados extraordinários é um grande desafio. 

Para isso, é preciso que a sua clínica se destaque em meio a concorrência e os seus serviços odontológicos sejam reconhecidos como uma referência…

E para que isso ocorra, o cuidado com alguns pequenos detalhes, como o controle de pacientes, é essencial. 

Sabendo disso, preparamos este conteúdo para te apresentar um guia efetivo para um controle de pacientes legítimo para a sua clínica. 

Controle de pacientes – Por que é importante? 

Antes de partirmos para o guia em si, é crucial compreender por que é tão importante ter um controle de pacientes em sua clínica. 

Por meio deste controle, você consegue promover uma melhor organização da sua rotina de atendimentos e, assim, garantir máxima qualidade sempre. 

E isso é crucial para que não ocorram confusões com os horários de atendimento ou com pacientes chegando atrasados, por exemplo. 

Também é importante para se ter informações sobre os clientes, como dados pessoais que compõem o cadastro na clínica. 

Ou seja, o controle de pacientes impacta em diversos pontos, como:

  • Atendimento mais ágil; 
  • Controle das consultas; 
  • Organização da agenda de clientes; 
  • Armazenamento de dados importantes do paciente, entre outros.

Tendo evidenciado, vamos ao guia que preparamos para você colocar em prática. 

Guia para um controle de pacientes efetivo

Todos os pontos que separamos são pequenos detalhes que fazem toda a diferença na rotina da sua clínica odontológica e que podem ser aplicados o quanto antes. 

#1 Utilize um software 

A tecnologia é a sua grande aliada, por isso, use-a ao seu favor.

Existem diversos softwares que viabilizam um efetivo controle de pacientes, garantindo que todos os pontos importantes que mencionamos anteriormente sejam cumpridos. 

Portanto, considere a viabilidade e condições da sua clínica para contratar um. 

#2 Acompanhe os agendamentos 

Ter controle sobre os agendamentos é crucial para que não ocorra de um paciente ficar tempo demais em sala de espera ou até mesmo consultas marcadas no mesmo horário. 

O próprio software pode auxiliar nisso, dependendo das funcionalidades disponíveis. 

Contudo, ainda que você não tenha um, pode utilizar softwares gratuitos de agenda ou até mesmo uma planilha. 

#3 Faça o cadastro dos clientes na primeira consulta 

Ter o cadastro com os dados dos clientes é crucial para que você possa entrar em contato em caso de necessidades, além de ser importante para controlar os prontuários. 

Sendo assim, defina um formulário padrão com todas as informações necessárias e realize o cadastro já no primeiro contato. 

Tenha a tranquilidade necessária para focar no controle de pacientes da sua clínica!

Sintetizamos em três passos um guia para um bom controle de pacientes, contudo, é preciso de tempo e dedicação para colocar em prática da forma adequada. 

E para isso, você pode contar conosco, da Diagnóstika!

Nós somos uma contabilidade especializada em clínicas odontológicas e estamos preparados para cuidar de cada detalhe referente aos números da sua empresa, promovendo a tranquilidade que você precisa para focar em demais aspectos. 

Portanto, não hesite em contar conosco. 

QUERO OBTER SUCESSO EM MINHA CLÍNICA!

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima