Nosso Blog de Contabilidade

Fator R reduz legalmente imposto de academias

Fator R - Diagnóstika Contabilidade

Sumário

Toda mudança na lei afeta diretamente a vida das empresas principalmente no que desrespeito a parte fiscal e tributária.

As alterações na Lei Complementar nº155/2016 que regulariza o Simples Nacional permitiu que o cálculo dos tributos

de muitas empresas transitasse entre os anexos III e V graças ao novo método de cálculo denominado Fator R.

A diferença de impostos entre esses dois anexos é significativa e recolher o imposto com base nas atividades tributadas pelo anexo III significa pagar menos imposto gerando economia.

Vale lembrar, que esse cálculo não se estende a todas atividades tributadas pelo Simples, mas apenas às permitidas.

Uma das principais alterações da Lei foi a extinção do anexo IV, e as atividades que estavam nesse anexo migraram para o anexo III e V de acordo com o Fator R.

O cálculo do Fator R é feito mensalmente e dirá se a empresa recolherá o imposto com base no anexo III ou V.

Calcula-se a folha de pagamento dos últimos 12 meses pela receita bruta dos últimos 12 meses (Folha/Receita), se o resultado for igual ou superior a 28% a empresa passará a ser tributada pelo anexo III.

Esse assunto exige planejamento, cálculo, análises para que se faça a escolha que vai onerar menos a sua empresa.

A ajuda de um profissional como um contador é indispensável nesse processo.

Ele pode fazer uma redução legal dos seus impostos.

A Diagnóstika Contabilidade, uma empresa que está há mais de 20 anos no mercado e já atende clientes nesse ramo de atividade pode lhe ajudar a fazer uma redução legal nos seus impostos.

Nós oferecemos aos nossos clientes um modelo de Contabilidade moderna ou Contabilidade Consultiva agregando valor ao modelo tradicional que se resumia a práticas burocráticas, folha de pagamento e cálculos de impostos.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 7 =

Rolar para cima