Nosso Blog de Contabilidade

IRPF 2021: Profissionais liberais e trabalhadores autônomos precisam declarar o imposto de renda?

Banner Blog 29 03 21 (7) - Contabilidade em Brasília | Diagnóstika Contabilidade

Sumário

Muitos contribuintes como autônomos e profissionais liberais que trabalham por conta própria ainda tem dúvida se devem e como fazer a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física.

Separamos aqui algumas informações úteis para ajudá-lo no preenchimento da sua declaração. Continue conosco!

Quem deve declarar o IRPF ano 2020/2021?

As principais situações de obrigatoriedade para o envio da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física são que o contribuinte tenha tido:

  • Rendimentos tributáveis acima de R$28.559,50;
  • Rendimentos isentos acima de R$ 40.000,00;
  • Bens (inclusive valores em conta bancária) e direitos totais no final do ano passado acima de R$ 300.000,00;
  • Teve imóvel vendido no ano passado;
  • Operou em bolsa de valores no ano passado;

Quais comprovantes de remuneração de trabalho são necessários para o envio do IRPF 2021?

Os documentos comprobatórios de recebimento de renda mais comuns são:

  • Recebimentos de vínculo empregatício conforme a CLT no ano anterior da declaração como: informes, extratos de rendimentos anuais de salários e outras rendas recebidas de empresas privadas. Informe de rendimentos recebidos de órgãos públicos, pensionistas ou aposentados.

Sou trabalhador autônomo, pessoa física, devo declarar?

A resposta para essa pergunta é sim. Primeiramente vamos entender a diferença entre trabalhador autônomo e trabalhador profissional liberal.

O trabalhador autônomo é aquele trabalhador que embora exerça uma atividade como pessoa física, sem vínculo empregatício ou jurídica  que não possui formação técnica ou acadêmica. Esse trabalhador não possui atividade regulamentada pelo Conselho de Classe.

São exemplos desse profissional: mecânico, padeiro, confeiteiro, etc.

Para o trabalhador autônomo serve como comprovantes de rendimento para envio da declaração extratos bancários, onde constam os recebíveis referente aos serviços prestados.

Em contrapartida o profissional liberal é aquele que exerce sua atividade como pessoa física, sem vínculo empregatício e para tal é necessário possuir uma formação técnica ou acadêmica com atividades regulamentadas pelo Conselho de Classe.

São exemplos desses profissionais: médicos, advogados, dentistas, etc..

Sou trabalhador autônomo/profissional liberal, quais informações e documentos devo apresentar?

Se você é um trabalhador autônomo, Pessoa Física, atendendo pessoas físicas e jurídicas, será imprescindível que apresente o Livro-caixa escriturado referente ao ano anterior ao envio da declaração.

Se você não faz a escrituração do Livro-caixa será preciso apresentar recibos ou tabela preenchida mensalmente com os recebimentos referentes ao trabalho prestado para outras pessoas físicas.

Em caso de profissionais liberais sem livro-caixa é preciso apresentar uma planilha com o CPF de cada pagador.

Deve ser apresentado também comprovantes de pagamento do Carnê Leão, informes ou extratos anuais de salários e outras rendas obtidas.

Importante: Ao fazer o envio da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física como autônomo e caso não tenha recolhido o INSS terá que recolher. Do contrário o contribuinte poderá cair na malha fina.

Se você é empresário ou microempresário como deve fazer?

Se você tem um CNPJ ativo com seu nome no quadro societário precisa ter o informe de rendimentos anuais de salário e outras rendas ou lucros distribuídos pela empresa.

Caso tenha ocorrido venda ou compra de cotas no ano anterior, apresentar cópia do contrato social ou da alteração contratual da empresa com participação societária.

Por que fazer sua declaração com um especialista?

Fazer sua declaração de imposto de renda com um especialista é fundamental para evitar dores de cabeça no futuro.

Faça sua declaração de imposto de renda com um especialista e evite:

  • Cair na malha fina;
  • Pagar mais impostos do que o devido;
  • Ter problemas com a sua restituição do imposto de renda;

A Diagnóstika Contabilidade não faz apenas o envio de declarações.

Enviamos sua declaração e acompanhamos a validação da mesma pela Receita Federal do Brasil.

Caso haja alguma inconsistência nas informações apresentadas por parte do contribuinte, vamos analisar as alegações por parte da Receita, se as informações estiverem corretas, apresentaremos as provas e caso o contribuinte tenha omitido alguma informação fazemos as devidas correções.

Conte com nossa equipe de especialistas para lhe ajudar no acerto de contas com o Leão!

Não pague mais impostos do que o devido e evite restituir menos do que você tem direito.

Contatar um especialista no assunto!

 

Esse conteúdo foi útil para você? Deixe o seu comentário.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima